Combustível adulterado, além de ser algo completamente errado, anti ético e um verdadeiro crime, pode causar inúmeros prejuízos no seu veículo. Ele pode provocar danos nas peças do seu carro, fazer com que o mesmo comece a apresentar falhas. No final das contas, em algum momento você será deixado na mão por causa disso. Em casos mais extremos, até mesmo acabar sofrendo algum tipo de acidente.

CLIQUE AQUI E COTE ONLINE SEGURO AUTO PARA SEU VEÍCULO

O processo de adulteração de combustível inclui a adição de solventes à gasolina e também ao óleo diesel. Essa modalidade de adulteração é a mais prejudicial ao veículo como um todo e ao seu motor. Isso acontece porque esses solventes presentes no combustível adulterado agridem muito todos os materiais com os quais eles entram em contato.

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) promove a fiscalizações de postos de forma constante. No entanto, mesmo com esse controle e monitoramento, infelizmente os condutores de veículos automotivos não estão isentos de sofrerem com os casos de consumo inapropriado.

O rendimento do combustível adulterado é bem menor que o normal. Eles provocam danos terríveis aos componentes do carro, conforme já dissemos anteriormente.

No decorrer desse artigo, iremos ensinar de que maneiras você pode se tornar capaz de identificar quando o combustível abastecido está adulterado ou não.

Dicas imperdíveis de como identificar a presença de combustível adulterado

Proporcionaremos abaixo uma série de dicas de como você pode conseguir identificar quando um combustível está adulterado ou não.

  • Perda considerável de potência

O sintoma mais comum que indica que um combustível foi adulterado é a perda considerável de potência do veículo. Assim que você abastece o carro, irá perceber rapidamente que ele perdeu muito de sua potência. Você tem a impressão que o pedal do acelerador ganha o aspecto de “borrachudo”. Sente ainda que precisa acelerar muito mais para obter a mesma velocidade.

  • O consumo médio diminui drasticamente

É claro que há situações onde um carro gasta mais ou gasta menos. No entanto, há uma média geral do consumo de combustível que ele apresenta. Quando há adulteração, o consumo médio chega a diminuir 30%. Isso fica ainda mais claro quando você realiza o mesmo trajeto todos os dias, pois percebe que o tanque tem uma duração menor.

  • Dificuldade em dar partida no período da manhã

Outro sinal de adulteração é quando você tem uma dificuldade maior em dar partida no carro, principalmente na parte da manhã. Nessa situação, o carro ficou em repouso por um tempo maior, sem contar a temperatura normalmente mais baixa nesse período. Quando o combustível foi adulterado, fica mais difícil ligar o carro.

  • Ruído no motor

Quando você vai sair com o seu carro ou então no momento em que vai passar por uma subida, que são dois momentos que exigem bem do carro, escuta um ruído que lembra uma corrente sendo arrastada.

Livrando-se do combustível adulterado

Para evitar ao máximo sofrer com um combustível adulterado a dica é ficar atento aos sinais. Preste atenção se sente algum cheiro estranho no escapamento ou se sente cheiro de solventes e querosene. Esses são alguns indicativos de adulteração.