Quem já sofreu parada decorrente de alguma blitz na estrada ou nas ruas da cidade sabe muito bem da importância da documentação do veículo estar rigorosamente em dia. Se todos os seus documentos estiverem ok, sem nenhuma pendência ou atraso, fique tranquilo. Por outro lado, se a documentação do veículo estiver atrasada, você pode ter inúmeros problemas.

CLIQUE AQUI E COTE ONLINE SEGURO AUTO PARA SEU VEÍCULO

Possuir um carro significa abraçar para si um conjunto de responsabilidades e deveres. O melhor jeito para evitar qualquer tipo de problema ou abastecimento é se armar de conhecimentos a respeito de toda a documentação que é necessária.

Para ajudar você a não passar por nenhum apuro ou situação constrangedora, mostraremos nesse artigo algumas dicas e recomendações de como proceder para manter a documentação do veículo em dia, evitando uma série de aborrecimentos.

Como andar com a documentação do veículo em dia

Vamos falar adiante sobre a documentação que é requerida e obrigatória a respeito dos veículos e como fazer para mantê-la rigorosamente em dia.

  • IPVA

Mesmo o IPVA já existindo a um bom tempo, as pessoas ainda tem uma boa quantidade de dúvidas a respeito de como ele funciona. O que todos já sabem muito bem é que o IPVA é um imposto que deve ser pago anualmente.

No Estado de São Paulo, existem 3 opções de pagamento do IPVA:

–  Em janeiro, em uma única parcela, que deve ser paga à vista, mas o proprietário do veículo tem direito a um desconto de 3%;

– O valor total, com vencimento para o mês de fevereiro;

– A divisão em 3 parcelas, tendo em conta que a primeira parcela deve ser paga já em janeiro.

  • Seguro Obrigatório

O Seguro Obrigatório, também conhecido pela sigla DPVAT. Para quem mora no Estado de São Paulo, o DPVAT deve ser pago em janeiro, sem direito a parcelamento, obviamente. Os valores do imposto em questão variam conforme o tipo de veículo a seguir:

– Automóveis: R$45,72

– Ciclomotores: R$57,61

– Motocicletas: R$185,50

O pagamento do Seguro Obrigatório deve ser feito em conjunto com a quitação do IPVA. Em caso de parcelamento do IPVA, o Seguro Obrigatório precisa ser pago já na primeira parcela.

  • Licenciamento

O Licenciamento é o nome pelo qual o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) é mais conhecido. Trata-se de um documento que necessariamente deve sempre ser carregado pelo motorista, a todo lugar. Ele deve obrigatoriamente ser renovado todos os anos.

Quando um dono de um veículo recebe as cobranças e notificações a respeito dos IPVA e Seguro Obrigatório, também é notificado para pagamento do licenciamento. Contudo, ao contrário dos outros dois, a sua renovação vai depender do final da placa do carro. O valor e o prazo variam conforme o Estado onde cada veículo está localizado.

Livrando-se de problemas por causa da documentação

Manter a documentação do veículo em dia é a melhor maneira de prevenir qualquer problema relacionado aos atrasos do mesmo. Além dos documentos citados, é igualmente importante ficar de olho na inspeção veicular, manual do proprietário carimbado, seguro, chassi remarcado, sinistros e cópia de compra e venda.