Ter o carro roubado e não saber como proceder é uma situação comum nos dias atuais, por isso a busca por informações a respeito do tema tem crescido diariamente e pode gerar um transtorno maior do que o já causado pelo sequestro do veículo.

Infelizmente nas grandes cidades, a violência tem crescido assutadoramente gerando uma sensação de insegurança cada vez maior na população. O roubo de carros acompanha esse crescimento e saber como proceder em uma situação de risco com pode ser crucial para o indivíduo.

CLIQUE AQUI E COTE ONLINE SEGURO AUTO PARA SEU VEÍCULO

Ter o carro roubado e não saber como proceder é uma questão que pode ser solucionada com algumas informações repassadas por especialistas no assunto. Independente de qualquer motivo é preciso saber como agir na situação de roubo ou furto do automóvel, mas primeiro é preciso entender a diferença entre os atos praticados.

Carro roubado X Carro furtado

Apesar serem sinônimos e utilizados como, os significados possuem sútil diferença, que precisa ser considerada para o devido registro do evento. O furto acontece quando o veículo é levado sem que o dono do automóvel perceba ou até mesmo esteja presente.

Quando se fala em roubo, a retirada do carro se dá por meio de violência ou grave ameaça, com a presença do assaltante.

Ter o carro roubado e não saber como proceder pode ser o diferencial na minimização dos estragos proporcionados pelo evento.

O que fazer caso você tenha o carro roubado

Antes de tomar qualquer atitude é preciso manter a calma, por mais difícil que pareça. É notório que a situação de violência desestabiliza a maioria das pessoas e conseguir manter a tranquilidade em um momento assim é importante para que as decisões corretas sejam tomadas.

A preocupação com o bem não deve ser prioridade no momento, pois com as medidas adequadas há chances de recuperar o carro. Então é preciso manter a calma e seguir os seguintes passos:

Passo 1

Registrar o Boletim de Ocorrência. O primeiro passo é procurar uma delegacia e efetivar o registro. Ter o carro roubado é uma situação que já faz parte da rotina de alguns cidadãos, por isso ir ao posto policial é indispensável também por proporcionar mais informações.

Também existe a opção de registro online. É relevante para a investigação a informação de todos os pertences e documentos que ficaram dentro do carro, assim como as características do automóvel como cor, modelo, placa, local e hora em que o furto ou roubo ocorreu.

Informações complementares como presença de testemunhas ou câmeras também são importantes ferramentas para ajudar nas buscas.

Passo 2

Acionar a seguradora. Quando o carro conta com um seguro, o contato com a empresa deve ser realizado o mais rápido possível para que as chances de recuperação do veículo ou indenização sejam otimizadas. Para o recebimento da indenização será necessário comprovar o evento e para tal comprovação o B. O atende com eficácia.

Passo 3

A respeito dos documentos e possíveis pertences levados com o carro é preciso verificar se há cobertura, pois a maioria dos seguros não conta com o ressarcimento por perdas nessa situação.

Passo 4

Fica a cargo da seguradora as informações a respeito da documentação, de quem teve o carro roubado e não sabe como proceder, mas geralmente é a padrão para atendimento pessoal. O prazo estipulado é de até 30 dias para que o veículo seja localizado ou ocorra a indenização.

Os documentos solicitados podem variar de acordo com a seguradora contratada, mas geralmente são os de praxe em situações semelhantes, além do documento do veículo, carteira de motorista e apólice.

Passo 5

Informar a situação ao DETRAN. Com essa informação, ficará registrado no sistema do órgão que qualquer situação em relação ao veículo não será da responsabilidade do proprietário.

Se o carro for recuperado

Assim que o veículo for localizado o proprietário será informado. Com a apresentação da documentação, para fins de comprovação de propriedade, proprietário poderá reaver o carro sem transtornos.

Se a indenização já houver sido realizada seguradora, o veículo localizado ficará sob a posse da empresa, provavelmente.

Caso o carro seja recuperado antes de a indenização ter sido realizada, os danos serão avaliados e ressarcidos em seus custos. Nesse caso não haverá necessidade de acionar a indenização.

Veja também quais são os carros mais visados pelos ladrões.